Adicionar avaliação

Curioso é procurar um restaurante com nome de ambiente à beira-mar em pleno interior de São Paulo: estamos falando do Bar da Praia, que fica na cidade de Jaguariúna, a 130 km de São Paulo e onde mar, mesmo, não chega nem perto.

Mas se na vida não há explicação plausível para tudo, para essa casa chamar-se Bar da Praia, há: seu criador nasceu em uma família em que todos os homens são bons de cozinha, tão bons que ele, Sr. Kiko, desafiou a si mesmo e foi passar 5 anos desenvolvendo habilidades na culinária praiana e servindo suas criações nas escunas em Parati. Depois desse bem sucedido tempo, achou que estava na hora de voltar à Jaguariúna para torná-las conhecidas em sua terra de origem, e, assim, o restaurante com jeito costeiro chega a quase três décadas de interior.

Trailer, vitrola e pôster da Nara Leão

O bairro Jardim Dona Luiza era região agrícola e o que havia nele nos idos de 1988 era pouco mais do que pastos. Muito antes do que o recente boom de comidas de rua, foi nessa zona rural que o Sr. Kiko quis instalar um trailer para preparar suas receitas litorâneas. Trailer, sim, mas trailer com estilo: pôsteres de grandes nomes da música popular brasileira pendurados nas laterais, um toca-discos e muitos vinis cujos freqüentadores escolhiam e colocavam para tocar, fazendo a trilha sonora enquanto estivessem saboreando as apetitosas invenções do chef Kiko.

Em pouco tempo, entre a possibilidade e a necessidade de expandir, não poderia haver nada melhor do que a aquisição de um terreno e as habilidades e companhia de um avô, ex-marceneiro da FEPASA, para iniciar a construção do restaurante mantendo elementos naturais em toda a extensão. Por isso, árvores foram preservadas também na parte interna, e imensos troncos ornam os ambientes, entre eles, quatros salões, um lago e uma cascata.

Estando no Bar da Praia fica fácil se esquecer do tempo: nada lá motiva a pressa; tudo parece se harmonizar para que possamos divagar puxados pelas saias rodadas das tarrafas penduradas nos tetos e estrelas-do-mar nas paredes.

Menu do mar é a especialidade

A cozinha do Bar da Praia é bem grande e visível: quem entrar no restaurante verá muitos cozinheiros em plena operação, além de utensílios, panelas, ingredientes e tudo o que for necessário para a execução dos pratos. Tudo para realçar o clima aconchegante e, claro, também o apetite, incitando o desejo de porções de iscas de abadejo, ou, quem sabe, de camarões rosa, preparando o paladar para alguns dos pratos de maior sucesso feitos de camarões sete barbas e abadejo, como o Grandes Navegações – abadejo grelhado e camarões refogados com especiarias, conservas e temperos naturais, servido com pirão e arroz, ou o Empanado – camarões rosa servidos com risoto de siri, farofa de camarões com banana e delicioso pirão; esse pratos são preparados de forma a atender a duas pessoas.

Para experimentar o sabor de outros seres marinhos, como mexilhões e moluscos, a Caldeirada pode ser opção: lulas aneladas, camarões, polvo, mexilhões e abadejo são cuidadosamente condimentados e cozidos juntos.

Além dessas, há outras 17 opções de pratos de pescados, especialidade da casa, carnes nobres, filés e strogonnoffs, pratos individuais que levam frutos do mar, bisteca T-Bone, e também massas. Como se vê, todos serão saciados, bastando escolher de que jeito…

Comer, beber e além

Mais de 6.000 m² é o espaço que abriga o Bar da Praia – ou, se preferir, é o espaço em que se combina, segundo a própria descrição, o caipira e caiçara, o marinho e o rural.

E como espaço é o que não falta, parte dele pôde ser dedicado à cultura, e nele acontecem exposições de artistas da região, alternando-se os trabalhos e respectivos expositores a cada 20 dias durante todo o ano.

Há um palco para a animação dos jantares dançantes, embalados por música ao vivo nos sábados à noite; há o clima romântico e as velas acesas nas noites de sexta-feira.

Sr. Kiko ensinou a outros sua arte culinária e pôde, então, afastar-se da cozinha, hoje aos cuidados de outro habilidoso chef.

Do outro lado da rua, em frente ao restaurante, resolveu fazer peças de arte, pinturas e objetos de decoração em um pequeno atelier, despretensioso porém com a mesma levada das coisas que sempre sonhou e realizou.

Sr. Kiko é o comandante desse barco chamado Bar da Praia, e espera por você, quem sabe no próximo final de semana, para navegar com ele em Jaguariúna.

Endereço & Contato

Endereço:

Rua Alexandre Marion, 364, Jaguariúna

GPS:

-22.685047, -46.980968

Telefone:
E-mail:

-

Web:

-

Planejar minha Rota

Deixar uma Revisão

Somente usuários registrados podem adicionar um comentário