Campos do Jordão é uma das cidades mais bonitas do Brasil. As belas construções em estilo suíço, os plátanos que atravessam a cidade, as altas montanhas que a cercam, o clima gelado e seco e até mesmo o luxo das grifes e carros importados de seus turistas fazem com que, realmente, você se sinta na Europa.

Só que, por se tratar do principal polo turístico de inverno do estado, ela segue recebendo cada vez mais visitantes, o que torna, principalmente nos feriados, o passeio pelo seu “centrinho” uma grande disputa por espaço, seja nos charmosos bares, restaurantes e chocolates ou mesmo no meio da rua.

Porém, Campos do Jordão é muito mais do que Capivari. Aliás, acho que a maioria das atrações fica longe dali.

Um desses lugares é o Lenz, um sítio no Alto do Lajeado, de onde se avista boa parte da Serra da Mantiqueira (quando não se está dentro das nuvens) e onde a Sra. Eliana Lenz Cesar resolveu montar sua cozinha dos sonhos (dos nossos sonhos, pelo menos).

Para chegar lá, você segue uma rua de uns 3km, quase toda de subida, quase toda cercada por hortênsias, que passa pelo hotel Toriba e pelo ponto mais alto de uma estrada de ferro no Brasil, até chegar em um lugar magnífico, dando a impressão de estarmos dentro de um quadro ou num desses filmes de Natal em que vai começar a nevar a qualquer momento.

Essa história começou há 25 anos, quando Eliana resolveu pôr em prática algumas receitas centenárias da família alemã Lenz. Eram doces, geléias e, principalmente, um bolo de frutas com nozes, vinho, açúcar mascavo e diversos outros ingredientes naturais, cuja receita, dizem, foi trazida por uma governanta inglesa no século XIX.

É claro que o sucesso foi instantâneo. E como o Lenz ainda não era aberto ao público, o bolo – único produto então à venda – passou a ser comprado para presentes especiais e recebeu o honroso nome de Lenz Cake.

Com o sucesso do bolo e a crescente procura por outros produtos, o Lenz abriu então, anos mais tarde, sua fazenda para visitação, instalando nela um café, onde passaram a ser servidos, além do Lenz Cake, doces, geléias, sucos, compotas, chutneys e pães, feitos na própria fazenda e com produtos locais. Tentador? Calma…

Antes de mergulhar nas tentações, vale a pena conhecer a trilha que leva ao mirante e à Cachoeira Gavião Gonzaga. A caminhada de uns 10 minutos atravessa uma bela floresta e chega exatamente ao lado da cachoeira, onde o barulho da água é quase ensurdecedor e a vista do mirante alcança quase toda a serra.

Há também por lá um grande espaço infantil, com monitores e brinquedos como uma mini-tirolesa, cama elástica, mesa de ping-pong, pebolim etc e um mercado onde se vende produtos de artistas e artesãos da região além dos produtos do próprio Lenz.

E então chega a hora de você conhecer o restaurante, implantado há poucos anos, quando as três ou quatro mesinhas ao ar livre no pequeno café passaram a não ser suficientes, principalmente nos dias mais frios e chuvosos.

O Lenz Gourmet foi montado no antigo galpão da fazenda com incrível requinte e bom gosto. Reformado sem perder sua característica própria e o madeiramento original, ele é amplo e acolhedor ao mesmo tempo, rústico e cheio de classe, com mesas de madeira, piso aquecido, lareiras no centro e em pequenos ambientes, lustres especiais e grandes janelões de vidro que permitem a visão das árvores do lado de fora.

Ali funciona um complexo gastronômico de altíssimo padrão, onde um simples sanduíche ou um pedaço de torta podem ser uma experiência muito especial. Ali há brunches, chás da tarde e petiscos. Há pratos como trutas, filés com molhos exclusivos e mariscada de pinhão. Há pratos curiosos como a “feijoada em dobro”, que inclui a feijoada normal e outra “invertida”, com arroz preto e feijão branco. Tudo com os preços nem acima nem abaixo do padrão da cidade, que não é baixo. Mas com a qualidade muito acima.

E há, acima de tudo, o buffet de sobremesas. Mesmo não sendo um fã de doces, considero a maior atração da casa, pois é de encher os olhos (e a boca de água). Não há docinhos. São Lenz Cakes, tortas de damasco, clafouits de amora, bolo de queijo brie com geléia de framboeza… e é melhor parar por aí.

Enfim, o Lenz é um lugarzinho especial, com muitas das delícias da moderna Campos e todas as maravilhas da velha Campos do Jordão, incluído aí a floresta, o silêncio e o frio – o velho frio! – espantando dali a estranha frustração de quem sobe a serra e não o encontra por lá.

Endereço & Contato

Endereço:

Estrada Municipal Paulo Costa Lenz César, 2.150, Bairro Gavião Gonzaga, Campos do Jordão

GPS:

-22.780758, -45.605259

E-mail:

-

Web:

-

Planejar minha Rota